Computex 2019: Intel anuncia 10ª geração de processadores Ice Lake

Se no primeiro dia da Computex 2019 a AMD tomou a frente na disputa de processadores, hoje (28) a Intel tratou de deixar a corrida ainda mais acirrada, apresentando seus novos processadores da 10ª geração (chamado de Ice Lake), e aproveitou para dar mais detalhes sobre o inovador Project Athena, que promete revolucionar os notebooks.

Ice Lake, a 10ª geração de processadores Intel Core

A Intel trouxe ao palco da Computex 2019 a sua nova geração de processadores Intel Core de 10ª geração, trazendo IA de alto desempenho a computadores com o Intel DL Boost, que promete velocidades até 2.5x maior em comparação com o i7 da geração anterior.

A sua nova arquitetura de gráficos integrados também apareceu, e tem o codinome de Gen11, trazendo as novas Intel Iris Plus, que prometem dobrar o desempenho gráfico. Outra combinação interessante é o novo Wi-Fi 6, que virá com base no Thunderbolt 3, prometendo conexões sem fio até 3x mais rápidas. Os processadores são desenvolvidos com base na tecnologia 10nm da empresa, além da nova arquitetura de núcleos “Sunny Cove” e gráficos Gen11.

A 10ª geração Intel Core, chamada de Ice Lake, irá abranger desde o Intel Core i3 ao Intel Core i7, prometendo se firmar em 3 pilares:

  • Desempenho inteligente;
  • Um salto em capacidades gráficas;
  • Melhor conectividade do mercado.
Especificações os novos processadores Ice Lake apresentados durante a Computex 2019
Especificações técnicas dos novos processadores Ice Lake

De acordo com a Intel, os novos processadores já estão disponíveis para serem utilizados pelas fabricantes, e devem chegar ao mercado de notebooks até o final de 2019. Alguns notebooks de fabricantes parceiras como a Dell já estão disponíveis na feira para serem testados. Os primeiros processadores Ice Lake serão voltados para dispositivos móveis. Eles serão lançados com TDP 9, 15 ou 25 watts, uma CPU com quatro núcleos x86 com suporte para Hyper-Threading™, frequência Boost de até 4,1 GHz, cache de 8 MB L3, controlador de memória LPDDR4X-3733 / DDR4-3200, e poderão vir com os novos gráficos Intel Iris™ ou com Intel™ UHD Graphics.

Project Athena

A Intel também compartilhou mais detalhes sobre o seu programa de inovação Projeto Athena durante a Computex 2019, já que a sua nova arquitetura de 10nm é extremamente viável para o projeto. A empresa também apresentou alguns dos designs iniciais desenvolvidos por parceiros como Acer, Dell, HP e Lenovo. Com base em anos de pesquisa para compreender as necessidades, desafios e expectativas dos usuários de notebooks, o programa prioriza a ativação de experiências que reflitam condições reais, medidas pelos “principais indicadores de experiência”.

“As pessoas não querem abrir mão de nada: duração de bateria, desempenho, poder de resposta, conectividade e formas ergonômicas. Nosso trabalho consiste em unir o setor e oferecer PCs incríveis e diferenciados, desenvolvidos para atender todos os desejos dos consumidores reais. A 10ª Geração de processadores Intel Core – nossa CPU mais integrada – e o Projeto Athena são ótimos exemplos de como investimentos significativos em plataformas ajudarão a impulsionar a inovação no setor como um todo.”

Gregory Bryant, vice-presidente sênior e diretor geral do Client Computing Group

Objetivos do inovador Projeto Athena, que teve mais detalhes durante a Computex 2019
Pilares do Projeto Athena divulgados pela Intel

Intel Core i9-9900KS – 5Ghz

Ainda antes da sua apresentação oficial, a Intel surpreendeu a todos divulgando uma edição especial do seu processador mais poderoso, o i9 9900KS, com clock turbo de 5Ghz para todos os núcleos. Seu irmão do ano passado, o i9 9900K conseguia chegar apenas ao clock turbo de 4.7Ghz, e já era o favorito dos gamers que queriam performance máxima. Além dos clocks mais altos, as outras especificações se mantém iguais com 16 threads e suporte de memória DDR4 de 2666 MHz em dual channel.

Imagem de divulgação do novo i9-9900KS
Novo Intel Core i9 9900KS

A empresa também anunciou na Computex 2019 o novo Intel® Performance Maximizer (IPM), uma ferramenta de overclocking automatizado, que facilita o ajuste dinâmico e confiável de processadores desktop Intel Core de 9ª Geração, desbloqueados com base em seu desempenho individual. O IPM será gratuito e parte do conjunto de ferramentas chamado Intel® Adaptix™, uma seleção de ferramentas avançadas de tecnologia de software que ajudam fabricantes e consumidores a terem um controle maior da plataforma, maximizando o desempenho e a experiencia individual. O conjunto inclui os recursos Dynamic Tuning Technology, Extreme Tuning Utility e Graphics Command Center da Intel.

Computex 2019

Computex 2019 acontece em Taipei entre os dias 28 de maio a 1 de junho deste ano. A grande feira de PCs é voltada para novas tecnologias e inovação, focadas em Inteligência Artificial, computação, Internet das coisas (IoT), jogos de realidade virtual (VR), blockchain, telecomunicações/5G e ecossistemas de tecnologia industrial.

O post Computex 2019: Intel anuncia 10ª geração de processadores Ice Lake apareceu primeiro em jaipurtechnology.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *